Sinopse

O documentário "Wuqiao Circus" retrata a cidade chinesa de Wuqiao antes e depois do Ano Novo chinês. É a celebração mais importante do calendário chinês e contém muitos rituais fascinantes. A vida no circo dentro do Acrobatic World of Wuqiao permanece parada por alguns dias e apenas algumas pessoas do circo ficam lá durante esse tempo para cumprir as suas obrigações profissionais. A história da cidade é contada com base em fragmentos que mostram a vida quotidiana. Perspectivas arquitectónicas e o silêncio da cidade durante os dias de feriados têm uma importância similar a mostrar artistas no seu ambiente quotidiano, bem como as acrobacias de circo no palco e os visitantes na feira.

Bio-filmografia do realizador

Lukas Berger é um fotógrafo e realizador natural da Áustria. Tem trabalhado em vários projetos de fotografia e cinema. As sua viagens levaram-no a países como a Etiópia, Paquistão, Uzbequistão, Turquia, Burquina Faso, China, Russia, entre outros países Europeus. A sua primeira curta-metragem “Circus Debere Berhan” teve a estreia mundial no 20th Milano Film Festival e foi exibida em mais de 30 festivais de cinema, ganhando 2 prémios internacionais. O seu último filme "Circus Movements" (2019) foi filmado com crianças de circo na Etiópia.

Cast

Artistas do Circo Wuqiao

Equipa técnica

Realizador:

Lukas Berger

Direcção de Fotografia:

Lukas Berger

Câmara:

Lukas Berger

Agnes Meng

Montagem:

Lukas Berger

Sebastian Neubauer

Mário Gajo de Carvalho

Som directo:

Lukas Berger

Sound Design:

Mário Gajo de Carvalho

Produtor:

Mário Gajo de Carvalho

Co-produtor:

Lukas Berger

Nota de intenções

O circo sempre me fascinou: a convivência, a parte teatral, a diversidade nas culturas e nas viagens. A minha intenção é continuar o meu trabalho sobre esta temática do circo e regressar a um dos lugares em que o circo sempre fez parte da vida das pessoas, principalmente em idades mais jovens. O filme mostra fragmentos da vida das pessoas nos bastidores do circo e adiciona gravações de acrobacias no palco. Mas o foco está nas acrobacias, algumas delas são únicas no circo chinês, assim como outros números de circo, que se podem encontrar em todo o mundo, e mostrar que atualmente o circo se comunica internacionalmente em níveis semelhantes. A ideia é continuar a pesquisar a vibrante cultura circense na China. Há infinitos lugares para serem encontrados e inúmeras histórias para serem contadas. O circo está ligado a muitos estratos sociais da sociedade e passa por ela desde as camadas mais desfavorecidas até à alta sociedade em metrópoles como Pequim.

Filme apoiado por: