Sinopse

Valorous Sparkles é um documentário auto-reflexivo sobre a vontade de um jovem realizador chinês expressar a sua própria identidade sexual na Europa.

Bio-filmografia do realizador

Aragon Yao é um cineasta e director de fotografia chinês. Nasceu numa pequena cidade na China central. Depois de se formar na Shanghai Film Academy em 2012, começou sua carreira na indústria de televisão, publicidade e cinema como director de arte, director criativo e director de fotografia. Em 2016, depois de trabalhar como diretor de fotografia com o famoso realizador Argentino Mauro Andrizzi no filme “Una Novia de Shanghai”, Aragon deixou a China e entrou para o programa Erasmus Joint Master Doc Nomads. Desde então, ele tem viajado pela Europa e tem-se dedicado ao cinema de documentário com algumas seleções de filmes seus em festivais de cinema internacionais.

Cast

Aragon Yao

Equipa técnica

Realizador:

Aragon Yao

Autoria do documentário:

Aragon Yao

Mário Gajo de Carvalho

Produtor:

Mário Gajo de Carvalho

Nota de intenções

Ao olhar dos outros, uma impressão comum do povo chinês é que somos introvertidos e não gostamos de nos expressar. Este estereótipo existe e é, apesar de antigo, muito verdadeiro ainda hoje. Além da educação pública, os comportamentos privados das pessoas também são muito afetados pelos aspectos culturais. A educação que recebi durante o meu crescimento implicou comportar-me "respeitosamente" em público, princípio esse que colocou sempre muita pressão diante dos problemas mais íntimos vida, nomeadamente ao nível minha própria conduta sexual. Vindo de uma pequena cidade na China, para mim o casamento tem o seu cronograma bem sedimentado: os meninos devem casar-se entre os 22 e os 26 anos, as meninas devem casar-se entre os 20 e os 24 anos, os meninos devem tornar-se pais entre os 26 e os 28 anos e, se o casal tiver só um filho, tanto melhor. Embora muitas situações sociais tenham mudado na China nos últimos anos, especialmente nas grandes cidades, a maioria dos homossexuais não assumidos ainda enfrentam uma pergunta tão banal como problemática por volta dos 25 anos de idade: "porque é não encontras uma mulher e te casas?".

 

 

Filme apoiado por: