Sinopse

No ritmo da vida quotidiana de uma cidade Taiwanesa, pessoas desconhecidas olham-se mutuamente num cenário onde o espaço privado é transformado em espaço publico e o espaço publico é transformado em espaço privado. “Lukang” revela-se como um “fresco” invocatório de observação mútua.

Bio-filmografia dos realizadores

José Manuel Fernandes realizou vários filmes, entre eles estão "Sombras do Passado" (2006) que ganhou o prémio de Melhor Filme estreia no Doclisboa; "Wakasa" (2011) que reconstrói a lenda do amor entre uma princesa japonesa e um aventureiro português do século XVI, ganhando um prémio no Indielisboa 2011; "Para lá do Marão" (2014) uma viagem surreal através de uma aldeia de montanha desolada, ganhando um prémio no Indielisboa 2015; "From Vincent’s House in the Borinage" (2016) que propõe um olhar sobre a paisagem e as ruínas tintado por uma carta de Van Gogh.

 

Mário Gajo de Carvalho tem 4 cursos superiores em cinema e artes. O seu primeiro filme "Os Milionários" estreou na competição internacional do Indielisboa em 2011, festival onde foi premiado, e foi exibido em festivais e mostras de 24 países. O seu filme experimental "O lugar que se mantém profundamente inalterado" teve a estreia mundial no 10th Berlin Directors Lounge - Contemporary Art and Media 2014 e foi exibido em 12 festivais de cinema. Realizou a curta "O Rapaz e a Coruja" em 2018 que teve a premiere no 29th CineMagic no Reino Unido e co-realizou Circus Movements em 2019 que foi filmado com crianças de circo da Etiópia.

Cast

Transeuntes da cidade de Lukang, Taiwan.

Equipa técnica

Realizadores:

José Manuel Fernandes

Mário Gajo de Carvalho

Imagem:

José Manuel Fernandes

Montagem:

Mário Gajo de Carvalho

Zsófia Ördög

Sound design:

Mário Gajo de Carvalho

Produtores:

Mário Gajo de Carvalho

José Manuel Fernandes