Sinopse

Neste documentário o autor/personagem Joaquim Magalhães de Castro refaz toda a rota percorrida no início do século XVII, em Bengala e no Butão, pelos padres portugueses Estêvão Cacela e João Cabral procurando identificar os locais por onde eles passaram. No processo, interage com habitantes locais, clérigos e académicos, recorrendo, sempre que possível, a trechos da Relação que nos legou João Cabral em 1627, valiosa e exclusiva fonte de informações acerca das gentes, costumes e paisagens de toda aquela região da Ásia.

Bio-filmografia do realizador

Joaquim Magalhães de Castro nasceu nas Caldas de São Jorge, em Santa Maria da Feira. Escritor, jornalista independente, fotógrafo, documentarista e investigador da História da Expansão Portuguesa, é autor dos livros Mar das Especiarias,Viagem ao Tecto do Mundo – O Tibete Desconhecido, No Mundo das Maravilhas (integrados no Plano Nacional de Leitura),Oriente Distante, Na Senda de Fernão Mendes Pinto, Os Filhos Esquecidos do Império e Costa da Memória. Publicou ainda os álbuns fotográficos  Os Bayingyis do Vale do Mu – Lusodescendentes na Birmânia, A Maravilha do Outro – No Rasto de Fernão Mendes Pinto e Sagres – A Nossa Barca.

 

É também autor dos documentários televisivos Bayingyi, a Outra Face da Birmânia, Himalaias – Viagem dos Jesuítas Portugueses (série de quatro episódios emitidos pela RTP 2 com assinalável êxito), De um Lado para o Outro – Diários da Mongólia e Sande – Um Humanista na China. Colabora ainda na imprensa de Portugal e de Macau, onde habitualmente reside. Actualmente é presidente da CATAIO – Associação Cultural para o Desenvolvimento e Cooperação de Macau.

Cast

Joaquim Magalhães de
Castro

Pessoas locais

Equipa técnica

Realizador:

Joaquim Magalhães de
Castro

Autoria e guião:

Joaquim Magalhães de
Castro

Produtor:

Mário Gajo de Carvalho
Cinematografia:

Pedro Sousa

Som:

Pedro Sousa